Top 10 jogos difíceis da Sega Master System: qual deles você zerou?

ArcadeFlix
0
10 jogos difíceis do Master System

Se você alugava jogos nos anos 90, é bem provável que jogou alguns dos títulos mais difíceis da Sega Master System, como Ninja Gaiden e R-Type, certo?

Naquela época, antes da existência do emulador, os jogos forçavam as pobres crianças a usarem a força da mente para descobrir a utilidade de algum power-up ou superar desafios maiores, sendo obrigados a reiniciar o jogo várias vezes.

Isso porque a maioria dos jogos difíceis do Master System não trazia senhas, então lá ia você devolver o jogo à locadora para alugar novamente no próximo final de semana.

E você tinha que tirar boas notas e se comportar feito um anjo para alugar de novo.

Mas é claro que nem todo jogo difícil na época continua difícil hoje (agora você pode salvar no emulador). Ainda assim, há títulos complicados seja porque foram mal programados, lentos, rápidos demais ou porque levavam tempo para a gente aprender.

Sendo assim, vamos acompanhar essa jornada direto do Baú do Fliperama!

(toc) #title=(Ir direto ao assunto)

Quais os 10 jogos mais difíceis do Master System?

Jogo fácil demais não tem graça, mas esses aqui da lista passaram dos limites e merecem um puxão de orelha. Veja quem são os jogos difíceis da Sega Master System.

1. R-Type

A premissa que faz parte de muitos filmes de ficção científica é o de proteger o planeta Terra da invasão alienígena. Lembra dos Ovnis que apareceram lá fora este ano? Então, foram tudo derrubado porque os caras treinaram nesses jogos de 8 bits, com certeza, quem duvida?

R-Type para Master System

E tivemos muitos jogos de nave como esse, incluindo o popular Space Invaders e o Alien Storm.

Em R-Type, você é um piloto a bordo da poderosa nave R-9, e deve impedir que a raça alienígena Bido invada o planeta Terra.

Eu, particularmente, sempre preferi shooters laterais do que aqueles com visão aérea, como Space Invaders e Gálaga, por exemplo. E aqui o jogo desafia o jogador a entrar em áreas cavernosas, estreitas e repletas de inimigos (incluindo a nave gigante dos aliens).

Por isso, é um dos jogos mais difíceis do Master System, mas brilhantemente desafiador. E ainda tem o brinde da trilha sonora, para quem é fã de uma batalha espacial com bons efeitos sonoros, como em Star Wars.

Quer ouvir? Só chegar e jogar:

2. Kenseiden

Kenseiden é considerado um dos melhores jogos de samurai da época, perto dos conceituados jogos de ninja, como Ninja Gaiden e Shinobi.

Se você não queria se sentir um guerreiro fora da lei, podia se aventurar como samurai e lutar por uma boa causa.

Kenseiden jogo de samurai para Master System

Eu acho que nunca vi esse jogo na locadora. E, se vi, não achei interessante o titulo (a gente não tinha acesso à capa do jogo. Bastava pegar um cartão com o título e trocar pelo cartucho que vinha numa embalagem típica, mas sem encarte).

E, por isso, me acostumei a analisar se o jogo era bom ou não só pelo título ou por qual filme ele era adaptado.

Pois bem, o jogo em si não é um dos mais difíceis do Master System, a não ser pela fase do treinamento que é obrigatória.

Mas, treinar pra quê, você pergunta.

Porque você precisa passar por essas etapas para avançar em Kenseiden. Qualquer coisa errada que você fizer, o jogo se torna ainda mais difícil.

Duvida? Joga aqui rapidão e depois me diz se a fase do treinamento é ou não é de perder a paciência:


3. Ninja Gaiden

Ryu Hayabusa não deu as caras apenas no Nes, não. Na versão do Master System ele aparece de forma digna e bem competente em Ninja Gaiden.

Ninja Gaiden para Master System

À época, Hayabusa disputava a atenção dos jogadores com outro ninja, o Joe Musashi, de Shinobi. Cada um com suas habilidades, mas Ninja Gaiden conquistou uma leva de fãs tão grande, que quando se fala em jogos de ninja, é Ninja Gaiden que aparece.

Pois bem, o jogo começa a ficar difícil na fase em que o ninja precisa escalar as paredes (e tal qual em Spider-Man vs The Kingpin, tem sempre alguém ou algo que não deixa).

Sem contar as armadilhas mais comuns nos jogos do Master System (e de outros consoles) que é o inimigo saltar de um buraco em meio às plataformas estreitas. Nesse caso, outro ninja atirador de três shurikens surpreende o jogador.

Vai encarar?

4. Black Belt

Black Belt é aquele jogo em que você leva mil porradas se der bobeira. Os moderninhos vão correr no Youtube para descobrir os macetes das porradas, mas quem alugou esse jogo nos anos 90 sofreu e hoje jura que isso moldou o caráter.

Black Belt para Master System

Mentira, eles devem estar quase todos no Youtube aprendendo a montar ventilador mesmo com o manual na mão (eu que o diga!).

Black Belt é um hack de Hokuto no Ken, inspirado no mangá do mesmo nome e lançado exclusivamente no Japão. Por conta disso, a Sega não pôde trazer esse jogo para o ocidente, então resolveu tudo na base do hack.

O jogo de luta parece simples e segue a velha premissa de sempre: salvar a namorada. A dificuldade aqui é pelo tanto de inimigos que aparecem de ambos os lados. Algo que seria típico de um beat 'em up, mas Black Belt exige MUITA porrada para derrubar os infelizes. MUITA.

Acha exagero? Vamos ver se você muda de opinião aqui:


5. Alex Kidd in Miracle World

Um dos melhores jogos do Master System também é um dos mais difíceis (mesmo que depois você pega a manha e detona em um dia).

Alex Kidd in Miracle World foi lançado em 1986 e já figurou como um dos mascotes da Sega Master System, antes do moleque perder o posto para um certo ouriço azul.

Alex Kidd in Miracle World para Master System

A jogabilidade é muito boa, cenários coloridos, muitas possibilidades (você pode nadar, dirigir uma moto sem habilitação, voar com seu peticopter e brincar de Jan Ken Po!, popularmente conhecido como pedra, papel e tesoura).

No entanto, o jogo era difícil (e continua sendo), porque boa parte da jogatina consistia em atravessar um cenário estreito com seu peticopter, nadar entre espinhos, evitar os peixes, saltar em blocos enquanto desvia da nuvem maligna e ainda bancar a adivinho.

Sim, senhoras e senhores! Para salvar Radaxian, Alex Kidd precisa aprender a arte de adivinhar as pedras certas para revelar a Coroa e salvar seu reino. É osso, mas é divertido.


6. Indiana Jones and The Last Crusade

Não é exagero, mas 9 entre 10 jogadores citam Indiana Jones and The Last Crusade como um dos jogos mais difíceis para Master System. Acho que nem o Harrison Ford gostou, deve fingir que não existiu.

Indiana Jones and The Last Crusade para Master System

O que acontece é que essa belezinha que deveria ser um grande jogo, visto que era uma adaptação do filme com o mesmo nome, fez algumas pessoas quebrarem o joystick devido à jogabilidade ruim (não trago estatísticas, trago suposições baseadas na minha experiência e dos demais 😇).

É que a produtora US Gold achou ok fazer um jogo no nível "a moda vão-se embora" e dificultar a vida do jogador, uma vez que é bem difícil se segurar na corda e atirar.

Tudo bem que a vida de Indiana Jones não é nada fácil, mas não precisava trazer essa dificuldade para o jogo.

Claro, há exceções e talvez você tenha zerado de boa e vai dizer "isso que dá não ter o porte do Harrison Ford", mas The Last Crusade exige PACIÊNCIA, amigos!

E você, tens o que é preciso para zerar este jogo? Se sim, desafio a jogá-lo agora mesmo, depois me conta sua experiência:


7. Captain Silver

Lançado em 1988, este jogo mostra que ser capitão não significa nada, pois uma bela encostada, e adeus vida. Assim é Captain Silver, um jogo difícil do Master System por conta de sua jogabilidade (mais uma vez, a vilã dos jogos).

Captain Silver para Master System

Apesar de o personagem contar com itens em lojas, a única coisa fácil neste jogo é derrubar o capitão.

No geral, Captain Silver é um tipo de jogo que demanda tempo para aprender os macetes, entender a mecânica do game e decorar as armadilhas nas fases.

Aliás, muitos jogos de videogames foram lançados com versões diferentes em outros países. A versão europeia e japonesa, por exemplo, conta com mais fases do que a versão americana.

Quer mostrar que é melhor capitão do que o próprio Capitão Silver? Então vai lá:


8. Alex Kidd in High-Tech World

Mais uma vez, o moleque está metido em uma aventura que já fez muita gente pegar o bloquinho e anotar as sequências do jogo. Sim, você fez isso, não negue!

Alex Kidd High-Tech World para Master System

Alex Kidd in High-Tech World é um hack de Anmitsu Hime e não exige socos em blocos nem super poderes nem Jan Ken Po. Dessa vez, ele precisa da incrível habilidade de conversar e convencer as pessoas a darem o que ELE QUER.

Pois bem, parece fácil, mas resolver puzzles sempre é desafiante. Nesse caso, você precisa juntar 8 pedaços de um mapa para sair do castelo e visitar a nova loja de arcade na cidade.

O problema é que ninguém sabe para onde ir e o que fazer exatamente. A gente se virava nos 30 e podíamos tirar nosso diploma de ninja, facilmente, porque o negócio era brabo.

Eu percorria os andares, esquecia das portas onde eu tinha entrado, gastava tempo (você tem até 17 horas para entrar na loja do Arcade) e ainda precisava encarar ninjas na floresta.

Pensa que acabou?

Depois de escapar da floresta, você ainda tem que ser muito esperto para não comprar gato por lebre. É aqui onde você tenta comprar o ticket para a loja, mas tem gente abusada vendendo ticket falso.

Duvida? Experimenta jogar para você ver só uma coisa:


9. Mônica no Castelo do Dragão

O hack mais famoso da Sega e um dos melhores jogos do Master System já feito. É claro que você já jogou Mônica no Castelo do Dragão, a versão brasileira de Wonderboy.

Mônica no Castelo do Dragão para Master System

Inicialmente, o jogo não tem mistério: basta dar uma coelhada para derrubar os inimigos. No entanto, salvar os amigos das garras do Capitão Feio não seria nada fácil.

À medida que você avança vai descobrindo portas, recuperando energia com sucos e vitaminas e ganhando força e habilidade ao comprar novos power-ups (incluindo bombas de detergente e raios).

Porém, o jogo da Mônica não tem "continue" e nas fases mais problemáticas você retornava ao início com dor no coração. As fases difíceis, novamente, estão atreladas à jogabilidade e também a má escolha do jogador ao comprar os itens.

Isso porque, se você gastasse o seu rico dinheirinho com uma certa bota (acredito que eram as botas especiais), você deslizaria tão rápido que ficaria difícil subir as estreitas plataformas do castelo em tempo hábil (sim, há um cronômetro). A dica é coletar o maior número de gold e comprar as botas mágicas e a armadura e escudo de diamante 😉.

Ou seja, Mônica no Castelo do Dragão também é um jogo educativo, já que você aprende a gastar dinheiro só com o que realmente presta.

Aprecie essa belezura de jogo adaptado das HQs do Maurício de Souza:


10. Phantasy Star

Esse aqui é para quem tem saco, amigos – e para quem não tem, também 😶. Phantasy Star foi um dos primeiros jogos de RPG para o console de 8 bits e, como é de se esperar, um jogo longo e cansativo.

Phantasy Star para Master System

A parte difícil está atrelada aos labirintos, seu design pouco convidativo e a possibilidade de despencar por vários andares em cima de inimigos. Muito deselegante.

Phantasy Star também pode ser considerado um dos jogos mais difíceis do Master System para quem não está acostumado com RPG e sua longa jornada (por isso que precisa ter saco).

Você tem saco? Se sim, jogue aqui e depois me diz se concorda ou não comigo:


Tem mais jogos difíceis do Master System? Sim, tem!

Cada pessoa tem uma opinião diferente sobre qual é o jogo mais complicado da era 8 bits, mas aqui selecionei 10 jogos do Master System que sempre são lembrados como brabos demais.

Como passei dos limites aqui, acabei não citando Shadow of the Beast, Choplifter, Dragon Crystal e Prince of Persia (sim, eu nunca zerei esse bendito).

E você? Zerou algum dessa lista, vai zerar ou não tem mais interesse? Conta aí e aproveita para compartilhar este artigo com seus amigos retrogamers!

Postar um comentário

0Comentários
Postar um comentário (0)

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !